O médico endocrinologista

De quais doenças cuida o endocrinologista?

 

O Endocrinologista é um médico especialista no sistema endócrino, um conjunto de glândulas que tem como atividade a produção de secreções denominadas hormônios. Para se tornar um Endocrinologista, além da formação médica, o candidato deverá ter dois anos de residência na especialidade ou cinco anos de trabalho comprovado, além da aprovação no concurso anual promovido pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

 

O endocrinologista trata das seguintes doenças ou alterações:

 

Andropausa – Quando o homem envelhece o nível de hormônios no seu corpo pode diminuir, em alguns casos sentindo cansaço, perca da força muscular e a temida disfunção sexual. É função do endócrino auxiliar na reposição hormonal desse paciente.

 

Colesterol e Triglicerídeos – Pessoas com colesterol ou triglicerídeos com nível elevado, devido a uma alimentação inadequada ou por algum tipo de doença, com um tratamento adequado terão o risco de futuras complicações cardiovasculares reduzido.

 

Crescimento – Crianças que possuem um crescimento deficitário ou em excesso, provenientes de alterações hormonais, nutricionais ou genéticas.

 

Diabetes –  Pessoas que já possuem ou tem propensão para adquiri diabetes, devem procurar o endocrinologista, que irá auxiliar no tratamento e prevenção da doença.

 

Distúrbios da Menstruação – Ciclos menstruais irregulares podem significar problemas de hormônios, e o endocrinologista que é especializado nessa área de atuação irá investigar e recomendar o tratamento ideal.

 

Distúrbios da Puberdade – Os distúrbios hormonais também podem acarretar alterações no desenvolvimento das crianças antecipando a fase da puberdade, como o desenvolvimento precoce de pelos pubianos, odor nas axilas e desenvolvimento das mamas.

 

Doenças da Glândula Suprarrenal – Os problemas da glândula suprarrenal podem trazer como sintomas o ganho de peso, excesso de pelos, pressão alta ou baixa, estrias avermelhadas, antecipação da fase da puberdade ou escurecimento da pele.

 

Doenças da Hipófise – Ausência de menstruação, secreção leitosa pela mama (galactorréia), perda da visão periférica, hipertensão, obesidade, aumento de mãos e pés, da língua nariz e testa ou alteração da arcada dentária, são alguns dos problemas que essa doença pode apresentar.

 

Excesso de Pelos – Mulheres com excesso de pelos no rosto, acne ou aumento da musculatura, geralmente apresentam um excesso na produção dos hormônios masculinos, que podem ser tratados através da consulta com um endocrinologista.

 

Obesidade – Um problema que vem aumentando de forma constante e que gera diversos riscos à saúde de crianças e adultos, pode ter um tratamento que irá evitar uma serie de complicações futuras, como as do coração e ortopédicas.

 

Osteoporose – Indivíduos que apresentam dores nos ossos e fratura frequentes, certamente estão com enfraquecimento ósseo, a chamada osteoporose. Apenas um médico especialista poderá diagnosticar e prescrever o tratamento correto.

 

Reposição Hormonal da Menopausa – Muitas mulheres sofrem com a menopausa, ciclo onde a produção dos hormônios estrogênio e progesterona se encerra. Um endocrinologista poderá indicar a reposição hormonal dessa mulher, para reduzir o desconforto e os riscos gerados pela menopausa.

 

Tireoide – A tireoide é uma glândula que regula o funcionamento de diversos órgãos do nosso corpo, como o coração, cérebro, fígado e os rins. O não funcionamento correto dessa glândula pode acarretar diversos problemas como aumento do volume do pescoço ou a presença de nódulos, insônia, alterações intestinais, coração acelerado ou desacelerado, perda ou excesso de peso, excesso de calor ou frio.

 

Apresentando alguns dos sintomas listados ou algumas dessas anormalidades, é de extrema importância a consulta com um endocrinologista. Para ter a certeza se o médico é um endocrinologista credenciado pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, acesse o site da SBEM.